CENTRAL DE VENDAS

+55 21 2018-0402

Buscar
  • EAC Personnalité

A importância do Inglês na Carreira Médica

Atualizado: Jan 13


Na carreira médica, existem diversas oportunidades que se tornam um diferencial acadêmico e profissional que requerem um bom nível de inglês em suas 4 competências básicas: escuta, fala, leitura/interpretação de texto e escrita. A rápida evolução do conhecimento médico em todo o mundo e a necessidade de uma língua comum para a troca de experiências e achados científicos aceleraram a ascensão do inglês como forma de comunicação mais pertinente para a exposição e debate de tópicos na medicina.


O inglês para profissionais da saúde vem se tornando cada vez mais essencial, principalmente pelo fato do mundo se tornar mais globalizado e, também, pelo mercado estar mais exigente e na busca por profissionais mais qualificados. Entre os diferenciais esperados está o domínio de uma língua estrangeira mundial.


É indispensável para os profissionais e estudantes que querem acompanhar o progresso científico e fazer a própria pesquisa online, além dos eventos e conferências internacionais que, na maioria das vezes, são apresentados em inglês. Além disso o inglês é a língua mais utilizada em pesquisas na área da saúde.


Como o inglês proporciona a leitura das melhores obras, ocasiona um conhecimento que vai impactar diretamente no ambiente de trabalho. Isso gera diversos benefícios para o profissional, que terá maior capacidade para desenvolver as várias funções que estarão sob sua responsabilidade de maneira eficiente e com qualidade, dando assim uma posição de destaque. Isso será notado pelo seu superior que poderá recompensar esse colaborador com aumento de salário ou promoção. Ou seja, a maioria das pessoas que sabem falar inglês recebem as melhores oportunidades de emprego e salários mais altos.


Na literatura médica, o inglês é tão omnipresente que os pesquisadores nem se perguntam mais em qual língua irão publicar seus estudos. Como nas outras disciplinas, pesquisadores da área médica publicam seus trabalhos nas chamadas revistas científicas. São publicações periódicas nas quais encontramos estudos e resultados de experiências recentes. Ao publicar, os pesquisadores compartilham seus trabalhos, construindo assim suas reputações. Alguns exemplos das publicações científicas de mais prestígio na área médica, todas publicadas em inglês:


The New England Journal of Medicine

The Lancet

JAMA (Journal of American Medical Association)

Annals of Internal Medicine

British Medical Journal


No entanto o Brasil é um grande país turístico, o que aumenta o número de pacientes estrangeiros a utilizar a rede hospitalar brasileira. Além disso, tem atraído diversos pacientes de outros países que optam por realizar o tratamento médico aqui, em vista dos preços atrativos e da boa reputação de certas instituições de saúde.


Entendeu a importância do inglês para profissionais da saúde? Ele vai auxiliar muito no crescimento da carreira, não perca mais tempo, comece o curso de inglês em imersão e dispare ao sucesso. Clique aqui e saiba mais.


11 visualizações